4 dicas para para enfrentar a Black Friday

24130452457208Já faz alguns anos que o Brasil tem entrado na onda da Black Friday. Novembro chega e lojas, farmácias, salões de beleza, perfis no Instagram, petshops já começam a anunciar a promoção mais aguardada do ano. Mas como essa tal de Black Friday surgiu? A teoria mais aceita diz que o termo, que em português significa “sexta-feira negra”, foi criado na década de 60 pelos policiais da Filadélfia que descreviam o caótico trânsito da sexta-feira pós feriado de Ação de Graças (nos Estados Unidos).

As pessoas aproveitavam o longo feriado para viajar e ir assistir a jogos de futebol americano que sempre acontecem nessa época. Isso até poderia ser uma dor de cabeça para os policiais, mas era a alegria dos lojistas, os quais faziam promoções para aumentar o fluxo e o lucro de seus negócios. Logo o termo usado para o trânsito passou então a definir toda a loucura que acontecia na sexta-feira. Outras teorias dizem que o termo foi empregado na década de 50 pelos donos de fábrica para falar das sextas-feiras pós Ação de Graças quando nenhum trabalhador aparecia para trabalhar.

Cuidado

Seja qual for a origem, a verdade é que a Black Friday se tornou uma febre no mundo inteiro e diversas pessoas já esperam esta data para comprar pelo menos um item com aquele desconto maravilhoso. E mesmo que você não ligue muito para isso, é quase impossível ver os descontos nos sites e lojas físicas e ficar inerte a isso.

Porém, mesmo que muitas oportunidades pareçam únicas e imperdíveis, é preciso tomar cuidado para não sair dessa BF no prejuízo. É por isso que vamos dar algumas dicas aqui para te ajudar a fazer a festa com segurança! Vamos lá:

1. Esteja atento a e-mails falsos e redes sociais:

Nem tudo o que aparece no Whatsapp é verdade e nem todo link enviado para o seu e-mail tem que ser acessado. Muitos se aproveitam das redes sociais para fazer com que pessoas acreditem no que não é verdadeiro. Se você receber uma promoção de uma empresa X por algum destes canais, vá até o site da empresa e cheque se aquilo é verdade.

2. Sites falsos:

captura-2018-11-08-12-38-33

Sim, existem criminosos que perdem tempo imitando sites famosos só para roubar dados de cartão de clientes e, depois, aplicar fraudes com essas informações. Por isso, fique ligado nas URLs dos sites que você acessa. Por exemplo, o “mercadolivre.com.br” pode se tornar um rnercadolivre.com.br” (com o “rn” no lugar do “m”). Para ter certeza de que está comprando em um site seguro, vale apena acessar o “https://blackfridaydeverdade.com.br/#lojas” e conferir se a loja está na lista. Também vale a pena olhar a lista do site Buscapé que fala lojas não recomendadas para comprar.

3. “A metade do dobro!”:

Você já escutou esta expressão? Algumas lojas fazem o seguinte: semanas antes da Black Friday dobram o preço do produto e na Black Friday reduzem este preço pela metade. Resultado: você paga aquilo que o produto custaria em circunstâncias normais. Por isso, procure comprar em lugares que você já vem checando o preço ou comprar coisas que você saiba o preço real daquilo para não acabar fazendo um péssimo negócio.

4. Formas de pagamento:

Desconfie se um site não oferecer a opção crédito para o pagamento. Isso porque alguns criminosos, para não gastar tanto com infraestrutura, fazem com que os produtos sejam adquiridos e pagos no boleto. Não confie em anúncios que oferecem produtos caros por preços muito bons e com pagamento só no boleto ou transferência bancária.

chuttersnap-1019165-unsplash

Facilite sua vida

Você pode baixar a extensão “Black Friday de verdade” para Google Chrome. Ela te ajuda a monitorar as ofertas durante a Black Friday. Você diz quanto quer pagar por um produto e ele avisa quando (e onde) ele entra em promoção. Além disso, é possível verificar o histórico de preços para que você não compre nada pela “metade do dobro”.

Com essas dicas, você já pode aproveitar a Black Friday com segurança e gastando bem o seu dinheiro.

E aí, o que você quer comprar nesta Black Friday? Você tem alguma dica que a gente não falou aqui?

Um comentário em “4 dicas para para enfrentar a Black Friday

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: