A tecnologia por trás da imagem do buraco negro

black hole

Semana passada – mais precisamente na quinta-feia (11) – o mundo da ciência entrou em uma nova era. Todos suspeitavam da existência dos buracos negros, era daquelas coisas que todo mundo sabia que existia mesmo sem ver. Mais de 200 cientistas de diferentes países, entre eles Estados Unidos, Chile, México, Dinamarca, França e do continente Antártico estiveram envolvidos na empreitada que culminou na primeira imagem de um buraco negro. Chamado pelos cientistas de “monstro”, ele tem 40 bilhões de quilômetros de diâmetro e 500 quinquilhões nem sabia que essa medida existia de quilômetros de distância.

Os Telescópios

Os especialistas e a imprensa fazem questão de afirmar a todo momento que o feito só foi possível por causa da tecnologia. A imagem foi capiturada pelo EHT, Even Horizon Telescope, uma rede mundial de telescópios. Sheperd Doeleman, chefe da EHT, disse algo que resume muito bem tudo o que aconteceu: “Buracos Negros são o objeto mais misterioso do universo. Nós estamos vendo o que achamos que jamais seria visto. Nós tiramos uma foto de um buraco negro”.

A Foto

KAT

O registro só foi possível por conta dos avanços feitos nos algoritmos. Katherine Bouman, 29 anos, foi a responsável pelo desenvolvimento dos algoritmos durante todo o processo. Kat (íntima haha) é formada em engenharia elétrica e ciência da computação pelo MIT. Os algoritmos foram um trabalho de nada mais, nada menos, que 6 anos de dedicação e muito trabalho.

Só para mostrar o trabalhão que deu, Bouman explicou ao The Washinton Post: “Tínhamos uma informação parcial. Era quase como ver um pixel de uma imagem (mas em outro tipo de domínio). Tivemos que criar métodos para usar essa informação muito esparsa e cheia de ruídos e tentar achar a imagem que pode ter provocado essas medidas”.

 

A imagem do buraco negro só mostra como a tecnologia pode ser usada ainda mais por nós para nosso benefício e como o trabalho em equipe é extremamente importante para qualquer tipo de avanço tecnológico. O que você achou da descoberta?

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: