Saiba mais sobre as Criptomoedas

Também chamadas de “criptodinheiro”, criptomoedas é o termo usado para se referir às moedas digitais, dinheiro que é criptografado. Elas não se resumem apenas ao Bitcoin, pelo contrário, existem outros tipos que movimentam todo esse mercado virtual. Assim como as moedas tradicionais (Euro, Dólar e Real) elas também são usadas para transações comerciais. Porém, existem 3 coisas que as diferenciam as criptomoedas das moedas tradicionais: descentralização, anonimato e custo zero de transação.

andre-francois-mckenzie-557694-unsplash

Descentralização significa, basicamente, que essas moedas não precisam da regulamentação do Estado e não têm nenhum banco central por trás. As acilações de preço acontecem, então, de acordo com a própria economia por trás das moedas. O único elemento central por trás de todo esse mercado é o Blockchain. Na tradução literal, blockchain é “cadeia de blocos) e ele funciona como um livro que registra todas as transações realizadas. As operações são registradas ao redor do mundo, o que permite um acesso rápido ao banco de dados e dificulta muito a ação de hackers.

Por outro lado, o anonimato acaba sendo alvo de críticos que afirmam que o mercado digital dessas moedas acaba sendo alvo de grupos criminosos envolvidos com tráfico de drogas e armas. Porém, nunca houve prova desse tipo de ação envolvendo o mercado da criptomoeda. O custo zero de transação também é outro diferencial do serviço, porque não há nenhuma autoridade central por trás….por isso, elas acabam sendo uma ótima opção para transações internacionais.

Hoje já existem cerca de 1500 tipos de criptomoedas. Alguns deles são:

  • Bitcoin: esse provavelmente é o tipo mais conhecido de criptomoeda. O Bitcoin surgiu em 2009, criada por Satoshi Nakamoto. Ele foi a primeira a utilizar o Blockchain, o qual é o grande responsável pelo sucesso porque trouxe uma segurança imensa para todo o processo. Hoje, já é possível usar o bitcoin para comprar produtos e fazer transferências para outras pessoas. Atualmente, mais de 14 mil empresas já aceitam bitcoin como pagamento.
  • Litecoin: fundada em 2011, ela é uma das principais concorrentes do bitcoin. Ela oferece um pocessamento 4x mais rápido. Ou seja, enquanto uma transferência de bitcois dura 10 minutos, a de litcoin dura 2 min.
  • Monero: essa é uma criptomoeda que promete total anonimato. O seu sistema permite que seja totalmente ocutável o remetente, o destinatário e a quantia da transação (o que pode se uma abertura para negócios e transações ilegais).
  • Dogecoin: começou em 2013 com o objetivo apenas de ser uma moeda divertida e tomou proporções gigantes chegando a patrocinar atletas olímpicos e pilotos da Nascar (o crescimento tem continuado através do tempo).

 

E aí, você já conhecia as criptomoedas? Elas são sim uma tendência do mercado que ainda sofre para se descentralizar dos bancos (principalmente no Brasil). Com a utilização cada vez menor do dinheiro físico, parece ser realmente inevitável o fato de que futuramente (bemm no futuro) a gente tenha um mercado de criptomoedas cada vez mais acessível e aquecido. O que você acha sobre o assunto?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: