Bill Gates, Mark Zuckerberg, Jeff Bezos: dicas para ter uma equipe bem sucedida

perry-grone-lbLgFFlADrY-unsplashSemana passada nós trouxemos um texto com algumas dicas para fazer com que o seu time, a sua equipe seja bem sucedida, motivada com um bom desempenho não só profissional, mas também pessoal. Pois bem, hoje trouxemos aqui 3 pessoas super respeitadas no mundo dos negócios para mostrar exemplos da vida real que têm dado certo e provavelmente continuarão a mostrar bons resultados por um bom tempo. De acordo com Jeff Bezos, por exemplo, “sua marca é o que as outras pessoas dizem de
você quando não está na sala”.

105178315-Jeff_Bezos_close_upBezos não se deixou parar pelas dificuldades e hoje é o líder de uma das maiores empresas do mundo, o e-commerce Amazon. Hoje, a Amazon é muito mais que um e-commerce, na verdade, e possui, inclusive a plataforma de stream Amazon Prime. Mesmo em um patamar econômico bem elevado, o CEO não perdeu a sua perspectiva humana. A Amazon nasceu sendo a “cadabra.com” com o propósito de vender livros online e soube expandir os seus negócios de forma considerável. De acordo com Jeff Bezos, mesmo com a expansão, um dos segredos do sucesso é trabalhar com um grupo de pessoas reduzido e confiável. Isso porque é importante que elas se entendam entre si e tenham a maior acessibilidade possível para se comunicar, o que fica muito difícil em equipes enormes. “Se você não pode alimentar a sua própria equipe de trabalho com duas pizzas, é grande demais”, afirmou o CEO da Amazon.

Um ponto destacado por Bill Gates é que é preciso ter cuidado na hora da escolha dos colaboradores e formação das equipes da sua empresa. Gates é o fundador da Microsoft, gigante da tecnologia que hoje conta com mais de 130 mil funcionários. É muita gente. Bill Gates diz que formar a equipe certa é tão importante quanto ter uma visão de negócio. Um líder não consegue trabalhar sozinho, por isso é importante ter uma equipe que trabalhe para a concretização das ideias. Um quadro equilibrado em termos de gênero, etnias, e experiências de vida garantem diferentes formas de pensamento e, por isso, abordagens diferentes para soluções de problemas.

Mesmo com a sucessão de escândalos e falhas, Mark Zuckerberg continua sendo um gestor de peso. Ele fundou o Facebook em 2004 e no ano de 2010 já estava sendo nomeado pela revista americana Time como pessoa do ano. Em 2011 ele já era uma das pessoas mais ricas do mundo segundo a Forbes. Um cara de 30 e poucos anos começou então a ditar as regras de administração em uma gigante da tecnologia sem antes mesmo ter dirigido alguma empresa ou ter algum negócio de tanto sucesso. Mark trouxe uma forma de administrar mais descontraída, porém exigente e com foco em resultados, entretanto flexível para achar a melhor maneira de consegui-los. Zuckerberg sempre instrui a sua equipe a dar uma resposta imediata aos usuários e isso pode ser percebido por aqueles que usam o Facebook. O foco da empresa é fazer com que as equipes sempre superem o resultado anterior, de alguma maneira adotando regras flexíveis para crescer, mas normas rígidas com a equipe interna.

E aí, as ideias e exemplos desses gigantes te ajudaram de alguma maneira? Se espelhar em quem já trilhou e trilha o caminho do sucesso é também uma boa forma de ganhar experiência e tomar medidas que beneficiem a sua equipe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: