Internet com mais acessibilidade

Estamos em uma época onde existe a tentativa de fazer com que diversas vozes que antes eram rejeitadas ou tomadas como sem importância sejam ouvidas e medidas sejam tomadas para fazer com que essas pessoas se sintam parte da sociedade como todas as outras. Um dos grupos que talvez mais sofram nesse sentido é o das pessoas com deficiência. É difícil imaginar como seria nosso mundo se, por acaso, tivéssemos deficiência visual ou, se por algum motivo, não conseguíssemos nos mover propriamente. Como é a vida dessas pessoas? Como pessoas que não enxergam acessam a internet? Como pessoas que têm o movimento dos membros superiores comprometidos conseguem acessar um site ou jogar algo no computador ou até mesmo no vídeo game?

yomex-owo-gRTzhQsiVG0-unsplash

A internet é conhecida por ser o lugar onde a liberdade está disponível para todos de forma igualitária isso não exclui as pessoas com deficiência, pelo contrário. “O poder da Web é a uni versatilidade. Acesso para todos independentemente de deficiência é um aspecto essencial”, afirma Tim Berners-Lee, diretor da W3C (World Wide Web Consortium) e inventor do World Wide Web (WWW). A internet é uma ferramenta que pode trabalhar para todo mundo, não importando o hardware, software, linguagem, localidade ou habilidade. Foi por isso que a W3C criou a Cartilha de Acessibilidade na Web, que afirma:

“Acessibilidade na web significa que pessoas com deficiência podem usar a web. Mais especificamente, a acessibilidade na web significa que pessoas com deficiência podem perceber, entender, navegar, interagir e contribuir para a web. E mais. Ela também beneficia outras pessoas, incluindo pessoas idosas com capacidades em mudança devido ao envelhecimento.”

A internet realmente é o lugar para todos. Partindo deste ponto, se você tem um site (ou planeja ter um), é preciso pensar na acessibilidade do mesmo. Atualmente, os brasileiros passam em média 9 horas por dia conectados, obviamente existe uma parcela dessas pessoas que possuem deficiência e sim é preciso também atingir esse público e fazer com que eles se sintam confortáveis acessando o seu site. O objetivo da acessibilidade online é fazer com que websites sejam usáveis pelo máximo de pessoas possíveis e não só de qualquer forma, mas proporcionando uma boa experiência para todos. É importante dizer que a acessibilidade deve estar não só nos sites, mas também nos aplicativos.

Quando desenvolvedores e designers têm em mente que precisam também abranger as pessoas com deficiência, eles estão promovendo inclusão social através do seu trabalho, ou seja, vai muito além da tecnologia pela tecnologia. Além disso, aquele trabalho estará apto para atingir uma audiência ainda maior. O primeiro passo talvez seja se colocar no lugar do outro, como dissemos, como seria a nossa vida se tivéssemos X deficiência e quiséssemos acessar o conteúdo que atualmente acessamos na internet ou em app mesmo. Isso nos leva a refletir sobre mudanças que realmente precisam ser feitas.

Okay….então você gostou da proposta, mas não sabe por onde começar? Vamos lá:
1. Você pode, por exemplo, fazer a descrição de algumas imagens porque as pessoas poderão usá-las para descrever para usuários deficientes visuais.
2. Não use apenas cores para destacar uma informação, isso não é nada útil para usuários com daltonismo. Busque alternativas como designers.
3. Simplifique o texto, isso ajuda pessoas com dislexia.
4. Crie áreas de clique maiores, isso ajuda pessoas que não têm tanta precisão nos movimentos.

De acordo com a W3C existem 4 passos que todos os sites devem seguir para ter os padrões de acessibilidade atingidos:
1. Perceptível: Informações e interface devem ser percebidas sem maiores desafios
2. Operável: Interface e navegação devem ser operáveis para todo e qualquer usuário
3. Compreensível: A informação deve ser simples e captada de forma rápida
4. Robusto: O conteúdo deve ser robusto e compatível com diferentes tipos de pessoas e tecnologias.
Aqui na Cartilha de Acessibilidade você encontra mais pontos que devem ser levados em conta e também dicas. Se quiser saber mais e quiser ajuda também para tornar o seu site ou app mais acessível, entra em contato com a gente. Vamos caminhar para um mundo mais acessível!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: